sábado, outubro 17, 2015

Organizando meus tecidos

Posted by with No comments

    Um vício que acomete a todos que gostam de costurar é, sem dúvidas, o de comprar tecidos! Saímos pra comprar zíper e voltamos com tecidos. Precisamos de botões e compramos tecidos também. E, às vezes, nem precisamos de nada, mas compramos tecidos! É uma loucura sem fim que nos deixa muito felizes! :) Entre os inúmeros problemas que este vício traz kkkk está o de armazenamento. Bom, no meu caso, fica um pouquinho pior, porque eu não tenho um Craft Room (e nem espaço!). Neste caso, geralmente dobramos e empilhamos os novos tecidos por cima dos demais e a vida segue... até você precisar escolher um para uma nova criação!
   Depois de passar algumas vezes por situações assim, decidi tomar vergonha e arrumar os meus preciosos. Procurei na internet inspiração e decidi pelo seguinte:

- Tecidos com mais de meio metro - enrolei em placas de papelão,  todos do mesmo tamanho e adequados para o espaço que eu tinha disponível. Então, posiciono-os lado a lado, em pé, de forma a ficar fácil a visualização de todas as cores e desenhos


- Tecidos com menos de meio metro - aí não teve jeito, dobrei e coloquei dentro de um pote plástico transparente grande


- Faixas de tecidos - enrolei em placas menores de papelão e coloquei dentro de um pote plástico transparente médio


- Retalhos pequenos - coloquei-os em uma caixa plástica de uma forma que permitisse a visualização de todos


- Mantas resinadas e acrílicas - estas tiveram que ficar no guarda roupa mesmo, por causa do volume

- Entretelas e telinhas - segui o esquema dos tecidos

   Depois de tudo pronto, acondicionei-os na estante da sala, onde eu já tinha dominado a parte de cima com meus aviamentos (em outro post eu mostro como os organizo).

   Com esta arrumação, consegui dar mais agilidade e prazer na hora de fazer as composições, pois agora consigo visualizar tudo que tenho de uma vez só,  sem ter que tirar tudo do lugar.
   O lema do dia é: "Quem não tem cão, caça com gato!" Kkkkk Nada de ficar reclamando que não tem espaço, que não tem isso ou aquilo. Se vira com o que tem e seja grato, sempre!
Agora, bora costurar! Até a próxima!

0 comentários:

Postar um comentário